Sobre o Luan Sanatana

Precisar quando a história do cantor Luan Santana começou, que nasceu em 1991, é tarefa difícil, porque aos três anos de idade, na sua cidade natal, Campo Grande – MS, ele já chamava atenção de toda a família com os acordes afinados das músicas sertanejas que não parava de cantar. Clássicos como “Pão de Mel”; “Chico Mineiro” e “Cabocla Tereza” eram interpretados por Luan, sem nenhum erro na letra ou no timbre. Percebendo o seu talento, o pai deu de presente um violão, para incentivar ainda mais o pequeno cantor. A partir desse momento as apresentações ganharam uma atração a mais, Luan cantava e ‘tentava’ dedilhar algumas notas musicais no instrumento, que se tornou inseparável a partir daí.

Em todas as escolas que Luan Santana estudava, ele se destacava por ser excelente aluno e por ganhar ‘todos’ os Festivais de Músicas que participava, e passou a ser a grande atração musical das reuniões de amigos ou familiares.

Já nessa época, com seu carisma e talento, Luan conseguia reunir nas festas um grande número de pessoas, que queriam só vê-lo cantar e tocar sucessos da música sertaneja. Mas foi em agosto de 2005 com 14 anos, depois de muita insistência de amigos, que os pais de Luan decidiram organizar uma pequena apresentação para gravar um vídeo com músicas que Luan Santana gostava de cantar. No repertório ele ainda incluiu a inédita “Falando Sério” que mais tarde foi regravada por vários artistas sertanejos. A gravação sem nenhuma produção e reunindo vários amigos para assistir, aconteceu em Mato Grosso do Sul e quando ficou pronta, logo foi parar no famoso site ‘Youtube’ e recebeu mais de um milhão acessos em menos de um mês, chamando atenção dos radialistas dos estados de Mato Grosso do Sul, Goiás, Rondônia e Paraná, que começaram a receber pedidos de ouvintes para tocar “Falando Sério” com Luan Santana, que já estava entre as mais acessadas da internet.

Luan Santana começa a ficar conhecido nas rádios, e sua família percebe que a carreira profissional já começava a tomar conta da agenda do menino. Foi quando em 11 de agosto de 2007, Luan sobe ao palco pela primeira vez como cantor profissional, em um show na cidade de Bela Vista em MS.

Este primeiro show, marca o início da carreira de Luan, que jamais esquecerá este dia, que registrou recorde de público na cidade para ver sua apresentação. Além disso, uma multidão de fãs e seguidores entre 10 e 18 anos, aglomerava-se na porta do hotel aguardando a chegada do jovem cantor.

A partir desta data, Luan começa a se apresentar em várias cidades de Mato Grosso do Sul, Goiás e Paraná reunindo um grande público que embalado pelo seu carisma, excelente presença no palco, junto com a bela voz do garoto de apenas 16 anos, começam a consagrar este cantor, que chega ao mercado fonográfico com a responsabilidade de quem já sabe o que quer – “cantar cada vez melhor para o meu público que tanto admiro” – Luan Santana.

PRIMEIRO CD

A carreira de Luan Santana é marcada em 2007 e 2008, por ter arrastado multidões em seus shows. Com isso chega a hora de realizar o sonho de gravar o primeiro Cd, só que desta vez com melhor qualidade do que o vídeo produzido em sua cidade natal no inicio da carreira.

O primeiro trabalho ganha um cuidado a mais na produção musical e entre os destaques está à música “Sufoco” que ganhou arranjos do próprio Luan Santana. Em pouco tempo ela começa a ser executada em várias rádios do Brasil, em seguida outro sucesso deste CD, começa a se despontar nas rádios, trata-se da música “Chocolate” de autoria do próprio Luan Santana, que recebe destaque em CDs importante do segmento sertanejo, como CD Barretão 2008 e CD Barretos Oficial – 2008.

A carreira de Luan Santana começa atravessar fronteiras e neste ano de 2008, ele é convidado para participar da ‘Festa de Peão de Barretos’ e canta pela primeira vez para uma multidão de 35 mil pessoas, que embaladas pelos hits sertanejos, formam um só coro junto com Luan Santana na música que o consagrou em Barretos – “To de Cara”. Neste ano, o artista fecha a agenda com 150 shows realizados pelo país.

SEGUNDO CD – TÔ DE CARA

Em janeiro de 2009, é lançado o segundo CD da carreira que contou com a produção de Ivan Myazato e teve músicas escolhidas pelo próprio cantor, que fez questão de incluir sucessos como “Tô de Cara”; “Meteoro”;” Minha Boca Você não Beija Mais” e “A Louca”.

Neste trabalho, quatro canções são de autoria de Luan Santana, que começa a mostrar para o Brasil que também tem talento como compositor.

Já que a agenda lotada não permitia que Luan Santana parasse e entrasse em estúdio para gravar o segundo CD, ele decidiu que o trabalho seria ao vivo e gravado em diversas cidades do Brasil por onde apresentava seu show. O trabalho ficou surpreendente e mostrou maturidade deste jovem em cima de um palco.

Assim que o CD ficou pronto, duas músicas começaram a aparecer como as preferidas do público de Luan Santana – “Tô de Cara” e “Meteoro” com isso ele começa a ser um dos artistas mais executados das rádios do Brasil e em poucas semanas o vídeo “Meteoro” atinge a marca de 5 milhões de acesso no Youtube.

No verão de 2009, começa a explosão do jovem cantor, Luan quebra todos os recordes de público pelas cidades onde se apresenta, conquistando cada vez mais fãs e seguidores por onde passa.

Com o sucesso das músicas deste CD, em agosto ele novamente é convidado a participar da ‘Festa do Peão de Barretos’ e desta vez, se apresentou para um público de 50 mil pessoas, que cantam junto com ele seus principais sucessos. Luan recebeu destaque da mídia especializada de Barretos que o consideraram um dos maiores exemplos de ‘fenômeno da música sertaneja’.

Viajando por todo Brasil para mostrar seu novo trabalho, Luan leva para estrada um espetáculo de luzes, som e efeitos especiais com uma grande produção, digna de um grande artista, que o Brasil já começa a conhecer, através do inconfundível timbre de voz e pelo carisma que tem no palco – marca registrada deste jovem, que promete mexer com o mercado sertanejo.

Apesar da pouca idade, Luan Santana já participa de grandes eventos sertanejos como Caldas Coutry, Festa do Peão de Barretos, além das principais Festas de Peão e Exposições Agropecuárias de todo Brasil. Até o final deste ano, a agenda de Luan Santana fechará com 300 shows realizados pelo Brasil, com média de 25 apresentações por mês, ele leva até seu público, um grande espetáculo porque Luan Santana se dedica a fazer o que ele mais gosta – ‘Cantar’.

font

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: